Tá barato

Tinha um muro com um buraquinho
Decidi olhar só um pouquinho
Bem devagarzinho
E então, com muito cuidado
Muito cuidado,
Muito cuidado e atenção

Percebi que o furo se abria
No desenrolar da melodia
Pus-me a cantar pra ver no que ia dar

Quando cantei aquela canção
Pra fazer do furo um buracão – um belo d’um furão –
Eu vi do outro lado
O outro lado, que era do lado que eu sonhei

Tinha um poço fundo dos desejos
Onde desejei aquele beijo
E ali cê me acertou
Ali me cativou
E foi só uma moeda que custou seu coração

Anúncios
Tá barato

Um comentário sobre “Tá barato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s